Nesta trilha, pensaremos as comemorações (com-memor-ações). Para além do acontecimento histórico da independência do Brasil: o canônico 7 de setembro de 1822. Aqui vamos abarcar os conjuntos dos saberes, fazeres, expressões, práticas e seus produtos, que remetem à história, à memória e à identidade nos 200 anos dos Brasis.

Festas e comemorações são um espaço de diversas funções sociais. Prática desde o período colonial, podem ser espaço de inserção na sociedade, criação de mecanismos de resistências aos status quo, podem ser entendidas pelos prismas de fuga ou subversão do controle social imposto. Repleto de simbolismos e rituais, comemorar é compreender uma forma importante da cultura popular, o uso dos espaços públicos, as (re)apropriações de símbolos, memórias e imaginários

Nesse sentido, se pretende, também, problematizar as memórias sobre os caráteres simbólicos e artísticos desses eventos: os patrimônios construídos por diversas instituições e sujeitos, os museus e seus objetos. Cinema, arte, cultura e patrimônios fazem parte desta trilha, assim como produções culturais e seus impactos na formação dos imaginários sociais; semana de arte moderna, exposições internacionais e etc.

Nossa proposta será acolher as várias e diversas atividades, fazeres educativos, reflexões, pesquisas que possam contribuir e potencializar diversos fazeres das/os professoras/es da educação básica, desde a sala de aula, e os movimentos sociais com suas escolas e acampamentos. Desejamos caminhar juntos, potencializando ações com as memórias muitas vezes interditadas, e assim possibilitar suas visibilidades no bicentenário da independência que se avizinha.

Uso de datas comemorativas nas escolas: Junho

Uso de datas comemorativas nas escolas: o que rememoramos em junho Portal do Bicentenário   Nas escolas ao redor do país, costuma-se visi…

“Anarriê” e “Balancê”

“Anarriê” e “Balancê” Patrícia Batista Cristiano Ferronato Maristela Andrade   As comemorações Juninas, tradição a qual se c…

Uso de datas comemorativas nas escolas: Maio

Uso de datas comemorativas nas escolas: o que rememoramos em maio Portal do Bicentenário   Nas escolas ao redor do país, costuma-se visit…

Uso de datas comemorativas nas escolas: Abril

Uso de datas comemorativas nas escolas: o que rememoramos em abril Portal do Bicentenário   Nas escolas ao redor do país, costuma-se visi…

Uso de datas comemorativas nas escolas: Março

Uso de datas comemorativas nas escolas: o que rememoramos em março Portal do Bicentenário   Nas escolas ao redor do país, costuma-se vis…

Perguntando sobre o ato de comemorar com as/os alfabetizandas/os da EJ…

Perguntando sobre o ato de comemorar com as/os alfabetizandas/os da EJA João Carlos Ribeiro de Andrade   Os processos de alfabetização c…

Laicidade do Estado e da educação

Laicidade do Estado e da educação: Valorizando as discussões sobre gêneros e sexualidades nas escolas públicas Denize Sepulveda José Anton…

Gêneros e sexualidades: noções, símbolos e datas

Gêneros e sexualidades: noções, símbolos e datas Grupo de Estudo e Pesquisa Gêneros, Sexualidades e Diferenças nos Vários Espaços e temp…

História Oral e História do Funk na Escola

História Oral e História do Funk na Escola Erika Minas Ribeiro O presente trabalho trata-se de uma experiência pedagógica em ensino de  His…

Disputar os sentidos do bicentenário

Disputar os sentidos do bicentenário /Luciano Mendes, Marcelo Silva e Maria Beatriz Porto 2022 será uma efeméride emblemática na história d…

O 07 de Setembro na Escola

O 07 de Setembro na Escola /Luciano Mendes de Faria Filho As nossas memórias sobre as festas cívicas estão diretamente relacionadas às forma…

Maria Quitéria

Você já ouviu falar sobre Maria Quitéria?    Maria Quitéria de Jesus, ou simplesmente Maria Quitéria é a principal expoente feminina…