Giro do Bicentenário: Espírito Santo

A Coluna Bicentenário em Foco tem a intenção de pensar a pauta educativa, a partir dos 200 anos de Independência do Brasil. Para tanto, são organizados textos que trazem a mobilização das memórias e das histórias, fundamentalmente, com vistas às disputas pelo presente, possibilitando criar condições para professores e professoras, alunos e alunas pensarem “tempos presentes” mais plurais e democráticos a partir da problematização das diversas faces da efeméride/acontecimento da Independência.

A seção “Um Giro do Bicentenário” propõe um mergulho profundo nas diferentes realidades de cada região brasileira. No Giro pelo Estado de Espírito Santo, encontram-se textos de pesquisadoras da História da Educação que buscam discutir a inserção das mulheres no magistério primário capixaba entre fins do século XIX e as primeiras décadas do século XX e o processo de feminilização da docência; apresentar o caráter autoritário do Congresso de Aperfeiçoamento Pedagógico (CAP) realizado em 1935 e propor reflexões sobre as propostas para a formação de professores capixabas feitas no passado e no presente e, por fim, destacar a importância de pesquisas sobre os processos de escolarização e de formação dos professores desenvolvidas no âmbito do Núcleo Capixaba de Pesquisa em História da Educação (Nucaphe) para fomentar debates acerca do direito constitucional à educação e a sua universalização em Espírito Santo.

 

UM GIRO DO BICENTENÁRIO: Espírito Santo é um convite, às vésperas do Bicentenário da Independência do Brasil, para compreender, historicamente, outras histórias e outros processos educativos silenciados pelas histórias oficiais. Vamos ler?

 

1 – A inserção das mulheres no magistério capixaba: profissionalização e feminização da  docência – Elda Alvarenga

2 – Autoritarismo na formação de professores capixabas no início do século XX: que reflexões trazem para o momento presente? Rafaelle Flaiman Lauff

3 – Independência, Educação, e Historiografia da Educação no Espírito Santo – Regina Helena Silva Simões e Rosianny Campos Berto

 

Imagem: Bandeira de Espírito Santo

 

#Pracegover Bandeira retangular listrada horizontalmente nas cores azul, branco e rosa. Ao centro, na parte branca, está escrito “Trabalha e Confia”, em azul e compondo um semicírculo.