Curso – Educação e Nação no Bicentenário (aula 7)

Educação das Mulheres

Com a proximidade do Bicentenário da Independência, para aprofundar os debates sobre os múltiplos significados desta importante efeméride, sobretudo no campo da educação, o Portal do Bicentenário promoveu o curso Educação e Nação no Bicentenário da Independência.  Nele, professores/as e pesquisadores/as de várias partes do Brasil expõem suas visões sobre grandes temas nacionais, abordando-os no transcurso dos últimos 200 anos. 

O curso foi uma iniciativa para aprofundar os debates sobre os múltiplos significados do Bicentenário da Independência, sobretudo no campo da educação sob a coordenação do professor Luciano Mendes Faria Filho (UFMG).

A educação das mulheres ao longo dos 200 anos de Independência é o tema debatido na sétima aula com a presença da Prof.ª Raylane Navarro da Universidade Federal de Pernambuco. Ao longo da aula ela discorre a respeito de trajetórias da história das mulheres e os espaços que aos poucos lhe foi conquistado. Em sua fala, Navarro tenta buscar na história os eventos, leis e reformas que nos faça questionar sobre o que nos levou ao longo dos 200 anos de Independência a chegar em níveis tão altos de participação das mulheres, enquanto em determinados setores ainda não exista quase presença de mulheres.  

Acesse a aula na íntegra aquiAula 7 – Educação das mulheres

Para saber mais Portal do Bicentenário

CANDEIAS, Nelly Martins Ferreira. Evolução histórica da educação em saúde como disciplina de ensino na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo — 1925 a 1967. Revista de Saúde Pública, São Paulo, 1988, 22(4):347-65, p. 354.

Alunas do Curso de Educação Sanitária na escadaria do prédio da Escola de Higiene e Saúde Pública

Foto: Alunas do Curso de Educação Sanitária na escadaria do prédio da Escola de Higiene e Saúde Pública

Resumo elaborado Giovanna Cosme Leite Paulino e Maria Julia Silva Marques, acadêmicas de História/FACH/UFMS