Conceição Evaristo e a voz dos não autorizados

Josivaldo Silva Menezes

 

A obra literária de Conceição Evaristo, estabelece um diálogo com a violenta realidade da população afro-brasileira, abordando os mais diversos temas, da violência da pele à sofrida pelo gênero. Suas narrativas, normalmente concentradas nos grandes centros urbanos, inserem os personagens, principalmente a mulher negra, em um lugar de protagonismo, espaço este, muitas vezes, negado. Poetisa, contista, romancista e crítica literária, a escrita de Evaristo destaca o feminismo negro pelo conceito da escrevivência, termo este por ela cunhado ao se referir as suas experiências de vida como matéria para as suas produções ficcionais.


Sob o olhar sério e penetrante da autora, somos convidados a conhecer os seus escritos, que são como ela mesma diz, “contaminados pela condição da mulher negra.”
Créditos: Conceição Evaristo, por Léo Martins

Acesse o Ensaio clicando aqui

Para saber mais: 

BALISA, Fernanda Francisca. DAVID, Nismária Alves. A violência contra a mulher negra no conto “Maria”, de Conceição Evaristo. Litterata / Ilhéus / vol. 7/1 / jan.-jun.2017. https://periodicos.uesc.br/index.php/litterata/article/view/1478 

 

EVARISTO, Conceição. Da representação à auto-representação da Mulher Negra na Literatura Brasileira. Palmares Cultura Afro-brasileira. Fundação Cultural Palmares, do Ministério da Cultura. P.52-57.2005. http://www.palmares.gov.br/sites/000/2/download/52%20a%2057.pdf 

RAMOS, Celiomar. FERREIRA, Rosineide da Silva. Violência e subalternidade – Dois caminhos que cruzam a história da mulher afro-brasileira: uma possível leitura do conto Maria, de Conceição Evaristo. Congresso Internacional 2018. ABRALIC/ Associação Brasileira de Literatura Comparada. Circulação , tramas e sentidos na literatura, 30 de julho a 03 de agosto. P. 922 a 930. https://abralic.org.br/anais/arquivos/2018_1547506617.pdf

Descrição: #paracegover Na foto, um fundo amarelo, ao centro uma mulher negra de cabelos grisalhos com as mãos no rosto e um olhar sério e penetrante.