Oficina Virtual “Corpos no Museu”

/Naiara Müssnich Rotta Gomes de Assunção

A oficina “Corpos no Museu” é resultado do trabalho final para a disciplina de Estágio de Docência em História – Educação Patrimonial da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), realizada através de estágio realizado no Museu Julio de Castilhos entre março e abril de 2021. A oficina tem como objetivo trabalhar com objetos do acervo do museu relativos à presença negra e africana no Rio Grande do Sul e relacioná-los com práticas corporais de culturas africanas e afro-brasileiras. Porém, ao invés de simplesmente explicar sua importância, esses objetos são usados como ponto de partida para reflexões sobre história, cultura e diversidade, tomando o corpo das(os) participantes como central nessas reflexões. Nesta oficina, entramos em contato e vivenciamos práticas corporais de culturas africanas e afro-brasileiras para pensar a presença desses corpos no Museu e na história do Rio Grande do Sul.

 

Acesse o material 

Oficina “Corpos no Museu”

 

Detalhe do pátio do Museu Julio de Castilhos em Porto Alegre (RS)
Foto: Gabriel Costa

#paracegover Imagem de um pátio com árvores. Há um tronco de árvore caído no centro e duas mulheres sentadas nele conversando. A mulher à esquerda é negra, de cabelo afro, veste uma máscara PFF2 azul, jaqueta jeans, calça preta e tênis branco. A mulher à direita é branca, tem cabelo comprido ondulado, veste uma máscara PFF2 azul, blusão verde, calça jeans e tênis preto.